Arquivo para Talma de Freitas

#1745 – Orquestra Gainsbourg

Posted in Música Francesa with tags , , , , , , on 5 de setembro de 2009 by Ricardo Somera

O meu feriado já começou ontem! Tava de folga, fiz um trabalho pra faculdade e fui encontrar com uma amiga e ir ver o show “Orquestra Gainsboug”. A média de idade do público estava perto dos 50 anos e o clima careta imperava no lugar. O show faz parte do “Ano da França no Brasil” e era uma homenagem a Serge Gainsbourg, um dos maiores compositores franceses. Com ingressos esgotados no primeiro dia a expectativa era gigante. Ver Caetano Veloso, Orquestra Imperial (Nina Becker, Talma de Freita, Kassin, etc.) e Jane Burkin foi uma oportunidade única.

Como já havia comentado aqui no blog, só conheço (conhecia) duas músicas do Gainsbourg e uma delas (a mais pop!), Jetaime, não tocaram. Sentei do lado de uma velha chata que até bateu na minha máquina porque disse que a luz do visor estava incomodando.

Impressões gerais:

– Caetano só tocou duas (ou 3) músicas (vacilo!)

– Moreno Veloso tava parecendo um motorista de ônibus com aquela gravata amarela e uma camisa (maior que o corpo) azul.

– Jean-Claude Vannier parecia o pai da noiva após o casamento: depressivo e bêbado.

No geral até que valeu a pena, mas não curto muito esses lugares caretas demais (cheio de gente velha, não pode fazer comentários durante o show, todo mundo fazendo cara de que blasé, etc.). Parecia o Bridgstone Music Festival desse ano.

Se eu fosse dar uma nota pela “diversão + show” seria 3.

#1753 – La Musique de Gainsbourg

Posted in Artes Plásticas, Música Francesa with tags , , , , , , , , on 16 de agosto de 2009 by Ricardo Somera

Não conheço muito da música francesa, a maior proximidade foi com um documentário no GNT sobre a vida da ex-modelo e atual primeira dama da França, Carla Bruni. Já fui em um show do Justice, que fazem música eletrônica com letras em inglês, e também já ouvi a música “Ce Jeu” da Yelle remixada pela baby band Mickey Gang. Fora Justice, Yelle e Carla Bruni acho que nunca escutei nada em francês. Até descobrir quem foi Serge Gainsbourg.

Esse ano é o “Ano da França no Brasil” e vários cantores, atores e artistas em geral estão dando as caras ou sendo homenageados aqui no Brasil. A programação é vasta, mas nada desperta um grande interesse na população em geral, a não ser que Caê a Orquestra Imperial se apresente em francês. JUNTOS!!!
Nos dias 3 e 4 de setembro no SESC Pinheiros Caetano Veloso e a big band com ilustres novos talentos como Talma de Freitas, Kassin e Nina Becker compartilharão e apresentarão um repertório em homenagem ao cantor e compositor francês Serge Gainsbourg, do clássico dos anos 60 “Je t’aime… Moi non plus”.

Lembro que quando era criança meu pai escutava essa música e aqui no Brasil como em boa parte do mundo ela era considerada “pornográfica”. Os gemidos de Jane Birkin que causaram escândalo poderão ser apreciados ao vivo, já que ela estará no palco junto com Caê.
A venda dos ingressos começa às 14 horas do dia 26 de agosto e provavelmente se esgotem antes das 15 horas e custarão de R$10 a R$40.

#1828 – Virada Cultural (FOTOS!!!)

Posted in Evento with tags , , , , on 4 de maio de 2009 by Ricardo Somera

Ainda não coloquei as minhas fotos no Flickr, mas dá pra ter uma noção do que foi essa festa pela foto dos outros. Fora a sujeira do Centro (sem nenhuma lixeira ou gari para limpar) tudo ocorreu muito bem. Se eu não estivesse vendo além do normal ia pensar que estava no Ensaio Sobre a Cegueira, do Fernando Meirelles.

 

Show do Cordel de Fogo Encantado na Av. São João

Show do Cordel de Fogo Encantado na Av. São João

Show do Cordel de Fogo Encantado na Av. São João

Show do Cordel de Fogo Encantado na Av. São João

Mano Marcelo Camelo

Mano Marcelo Camelo

 

Marcelo Camelo e Hurtmold

Marcelo Camelo e Hurtmold

 

Talma e BNegão (Instituro cantando Tim Maia Racional)

Talma e BNegão (Instituro cantando Tim Maia Racional)

#1977 – Carnaval Só Ano Que Vem (2007) – Orquestra Imperial

Posted in Música Brasileira, Samba with tags , , , , , on 4 de dezembro de 2008 by Ricardo Somera

Uma das minhas bandas preferidas conseguiu fazer um CD muito bom ano passado e o pior show (nacional) que fui esse ano. Dia 14 de novembro, meu aniversário, fui comemorar no Studio SP (Rua Augusta) e não gostei do que vi e ouvi. Primeiro: na hora o ingresso estava 35 reais e uma fila gigante na porta do SSP. Segundo: O lugar estava lotadaço, muita gente pra fora e não era possível dançar. Terceiro: O que eram aquelas músicas? Cadê os sambas clássicos? E as músicas do CD? Eu fiquei apenas uns 40 minutos dentro do lugar e queria (e fui) embora. Muito apertado, tinha que dançar encolhido como se tivesse dentro do metrô Sé às 6 da tarde, eles tocaram no começo uma músicas muito paradas que fez muita gente dispersar e desencanar de vez.

Quarto: Rodrigo Amarante! O ex-Hermano não é apenas mais um integrante da banda, ele faz diferença, faz animar o “carnaval só ano que vem” e fez muita falta naquela noite. Já tinha visto um show da Orquestra sem o Amarante e um com o barbudo. Sem dúvidas o segundo foi bem melhor (sem contar que foi ao ar livre, de graça, na Virada Cultural). Mas se quer ver e ouvir o Amarante tem Little Joy em janeiro (mês que vem).

orquestraimperial

O CD é uma “magavilha”. Mesmo sendo um álbum de inéditas quando escutei nas primeiras vezes me pareceu várias regravações já que a musicalidade da banda bebe muito dos sambas canção e marchinhas. Ereção e Não Foi em Vão são minhas músicas preferidas. A voz de Nina Becker e Talma de Freitas são tão indispensáveis para a banda como do ruivo. 

Seleção de talento !!!!

MySpace da Orquestra Imperial

Site Oficial da Orquestra

Ah, baixa aqui! Pq carnaval, só ano que vem

#1980 – A Arte do Barulho (2008) – Marcelo D2

Posted in Funk Carioca, Rap, Samba with tags , , , , , , , , , , , on 26 de novembro de 2008 by Ricardo Somera

Hoje saiu o último álbum do rapper Marcelo D2 (ex-Planet Hemp), A Arte do Barulho.

41_245-barulho

 

D2 acertou em quase todos os trabalhos na carreira solo, mas o CD anterior “Meu Samba É Assim” teve uma queda em musicalidade e conteúdo, caiu no papo do pop. Em menos de um dia após o lançamento do CD “A Arte do Barulho” eu consegui baixar por aí (Discografia – Orkut) o novo CD do D2 e já tinham quase mil downloads.  

A faixa “Desabafo” já chegou como hit há um mês quando D2 deu uma prévia no VMB. A mistura do samba/funk/rap continua sendo marca registrada do artista e funciona na pista e nas rádios. A maconha volta ao novo CD com um certo destaque na música “Kush” parceria com o rapper californiano Metaphor. D2 chega a puxar o funk carioca em “Meu Tambor”, mas não me agradou, achei fraco, faltou o pancadão. A participação de Roberta Sá me confundiu um pouco. A letra é boa, mas não deu liga, ou melhor, não “ornou”. Acho que Seu Jorge em “Pode Acreditar” acrescentou mais. Roberta tem mais a cara do Curumin (que D2 fez cover com Lenine no projeto Estúdio Coca-Cola). Há outras participações como Talma de Freitas (Orquestra Imperial), Marcos Valle (Jongo da Serrinha), Stephan (filho de D2) e Mariana Aydar.

Há uma brincadeira com o hit do YouTube “A Gaga de Ilhéus” ( indicado na categoria web hit no VMB 2008 ) na faixa “Vem Comigo que eu te Levo pro Céu”. Escutei pouco o desabafo do rapper sambista, mas já digo que fez um trabalho bom, mas deveria brincar ainda mais com o samba!

MySpace do Marcelo D2

Quer escutar? Baixe aqui!