Arquivo para Maria Bethânia

#1589 – O Sonho Acabou

Posted in Música Brasileira, Samba Rock, Soul with tags , , , , , , , , , , , , on 25 de fevereiro de 2012 by Ricardo Somera

Reunião de GÊNIOS

Anúncios

#1617 – Dia 2 de fevereiro…Dia de Iemanjá

Posted in Música Brasileira, Samba with tags , , , , , , on 2 de fevereiro de 2012 by Ricardo Somera

Otto – Janaína

Teresa Cristina – Senhora das Águas

Teresa Cristina – O Mar Serenou

O Rappa – Lado A, Lado B

#1725 – Os melhores de 2009

Posted in Música Brasileira, New Rave, Pop, Rock with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 18 de dezembro de 2009 by Ricardo Somera

Chega o final do ano e todo mundo começa a fazer duas listinhas: as das promessas e dos “melhores de 2009”. Eu como não prometo nada pra mim mesmo porque sei que não vou cumprir faço minha lista dos melhores do ano (da década?). Música, filme, viral, show, álbum, festival, vou tentar lembrar o que vi e achei legal nesse ano que encerará nossa década.

Internacional

Melhor Àlbum

Escutei muita coisa gringa de qualidade em 2009. Beirut, Arctic Monkeys, Phoenix, Albert Hammond Jr., etc. mas nada superou …

TONIGHT - Franz Ferdinand

Pra quem conhece pelo menos um pouquinho da banda escocesa Franz Ferdinand sabe que eles não ficaram parados em Take Me Out, o hit de 2004. Nesse terceiro álbum a banda voltou muito mais dançante e com uma pegada de festa, balada pra dançar separado (e muito louco!). Pra quem não está muito nesse pique agitado pode curtir o “Blood:Tonight” a versão dub do álbum mixado por Dan Carey. Não tem como não gostar!

Melhor show do ano

Ting Tings – as bases eram pré-gravadas, o Iggy Pop tava disputando a atenção no outro palco, tinha pouca gente, mas sem dúvida o set foi o mais animado do Terra 2009!

Melhor show que perdi

Friendly Fires – Um único álbum, recheado de hits, 300 convites a preços bem salgados e um arrependimento pra deixar em 2009. Mesmo sem ter ido ao show acho que foi o mais foda desse ano em São Paulo.

Nacional

Melhor Álbum

Depois de elogiar o super álbum do Franz Ferdinand quem lê espera um puta álbum de rock nacional. Mas como vou elogiar, indicar e falar sobre música brasileira prefiro esquecer a palavra rock por alguns minutos. O álbum nacional que escolhi como o que mais me tocou esse ano foi o “Encanteria” da Maria Bethânia.

Juro que até eu fico surpreso com esse meu gosto meio hiponga macumbeiro. Música brasileira pra mim tem que ter batuque e fazer o povo sentir vontade de dançar. E isso o álbum “Encanteria” faz com maestria. Sambinha bom, com letras pra “vadiar pelo salão”. “Feita na Bahia”, “Encanteria” e “Saudade Dela” com Gil e Caê são tão gostosas de ouvir que fico fazendo promessas para 2010: ser menos preconceituoso com a NOSSA música.

Melhor show do ano

Instituto Racional – Meio da madrugada, centro de São Paulo, milhões de pessoas nas ruas. Pra mim o coletivo Instituto não fez apenas o melhor show da Virada Cultural, mas o melhor show nacional da cidade em 2009. Pra quem gosta de Tim Maia na sua fase mais “mística” e conhece os clássicos álbuns “Racional – Vol. I e II” pirou com BNegão, Talma de Freitas, Ganjaman. Que venha 2010!

O MELHOR SHOW QUE PERDI

***

Ah, melhor filme é esse aqui, o viral do ano é esse, e o festival do ano sem dúvida é esse!

#1895 – Pra ser cult e frequentar lugares lado B

Posted in Cinema with tags , , , , on 16 de março de 2009 by Ricardo Somera

Não sabe quem é o poeta concretista brasileiro de maior sucesso entre os mestres e doutores em língua portuguesa? Que teve suas músicas interpretadas por Adriana Calcanhoto e Maria Bethânia?

Quando alguém fala sobre o jeito louco que o Renato Russo se apresentava era uma imitação do Ian Curtis você fica viajando?

Quando falam em “Onze Homens e Um Segredo” você pensa no Brad Pitt e no George Clooney?

Esqueça, a sua vida de “não cult” está com os dias contados e você vai poder conversar com a turminha alternativa da FFLCH!

A partir de hoje a CPFL apresenta em Sampa e Campinas uma retrospectiva de filmes que passaram no festival “É Tudo Verdade” e películas de ficção pouco vistas pelo grande público. Em SP a mostra gratuita acontece no Reserva Cultural (Av. Paulista, 900) e em Campinas no CPFL Cultura. Mais info no hotsite.

Alguns dos filmes da mostra são: Joy Division (muito bom!), Pan Cinema Permanente e O Aborto dos Outros.

****

Se você já viu os filmes citados, mas ainda tá difícil conversar na fila do HSBC na sessão do Cineclube, a Folha está lançando a partir de domingo a “Coleção Folha Clássicos do Cinema“. Tem filmes conhecidos (mas que vc nunca viu) como Casablanca, Cantando Na Chuva e Onze Homens e Um Segredo (esquece o Clooney e coloca o Sinatra) e outros tão alternativos que nem o seu professor de cinema viu como : “Uma Noite na Ópera” e “Costela de Adão”.

Veja tudo e daqui a pouco você já vai poder passar para o quesito 2 (literatura de livros com mais de 400 páginas) e ir aos recitais de poesia na Casa das Rosas.

#1913 – Tá na hora do Festival “Vivo ao Vivo”

Posted in Groove, Indie, New Rave, Pop, Rap, Remix, Rock, Rock Punk Cigano with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 5 de março de 2009 by Ricardo Somera

Ontem a TIM anunciou o fim do Prêmio Tim de Música e o TIM Festival.

Sinceramente acho esses prêmios pra músicos, atores e artistas em geral um saco. Todo mundo sabe que é uma rasgação de seda concentrada em um dia e o abandono por parte do patrocinador durante o ano. Acho que o Prêmio TIM de Música deveria ser feito uma seleção de bons artistas do ano e a TIM patrocinaria a tour por todo o Brasil. 

Seria legal ver o Yamandu Costa /Maria Bethânia / Nelson Freire em uma turnê passando por todos os estados onde a companhia opera. Não adianta dar um troféu de plástico para o artista, ele quer mostrar sua arte e o público quer ter oportunidade de ver o ídolo.

****

Já o TIM Festival é algo que eu não vou sentir muita falta, mas era um festival aguardado o ano todo.

Eu só fui em um TIM realmente descente e foi em Curitiba (2006). Cheguei um pouquinho atrasado e não peguei o show do Nação Zumbi. Após pagar R$ 20 com um cambista em frente a Pedreira (o valor da meia era R$ 30 se não me engano) entrei no meio do show da Patti Smith

O legal de verdade desse festival foi que eu tinha acabado de me mudar pra SP e encontrei todos meus amigos e conhecidos no festival. Depois de muito alcool entrou no palco Karen O (Yeah Yeah Yeahs) – mais conhecida como “a largatixa de lantejouas” – gritando, pulando e cantando os hits na época “Y Control” e “Pin”. Pra fechar a noite eu já estava pirando master com tudo aquilo e ainda com o cenário maravilhoso que é a Pedreira Paulo Leminski entra no palco os rapper brancos do Beastie Boys fazendo todo mundo pular e pirar com Intergalactic, Body Movin´e Sabotage. 

**

Em 2007 a seleção estava incrível. Comprei nos primeiros dias o ingresso pra ver Arctic Monkeys, The Killers, Bjork, Juliette and The Licks, Spank Rock e Hot Chip. Com um elenco desses a expectativa foi as alturas. Fui sozinho, era domingo, calor e já na fila encontrei a Gi Bedendo e uma galerinha de Londrina. Passei muita raiva e emoção nesse dia.

Posts que escrevi na época: O começo e o Spank Rock , Hot and WeirdLábios SecosGet on your dancing shoes, enjoy and relax, Os MatadoresCapitalizando o TIM Festival.

*****

Em 2008 não são necessários comentários como “R$ 250 pra o show do Kanye West” + “Gossip e Paul Weller cancelados” + “Marcelo Camelo por R$ 150″ + tenda vazia!

Mas fui no melhor show do ano passado: Gogol Bordello.

************

Erros catástróficos em 2007, preços exorbitantes em 2008, cancelamento dos show em Curitiba, Planeta Terra com duas super edições… Pra mim estava anunciado o fim do TIM  há algum tempo.

****

Ah, eu não fui no “SUPER TIM FESTIVAL” com Strokes, Arcade Fire, M.I.A., Kings of Leon, Dizzee Rascal, De La Soul, Wilco, Kings of Convenience, etc.

*****************

Pra justificar o título do post: Bem que a Vivo poderia assumir essa vaga e trazer -> Hercules and Love Affair, Beirut, Franz Ferdinand, CSS, Glasvegas e Last Shadow Puppets!

É…eu aceitaria e JURO que mudaria de operadora (hehehe…)

#1926 – É CARNAVAL e eu tô hippie!

Posted in Música Brasileira, Samba with tags , , , , , , on 20 de fevereiro de 2009 by Ricardo Somera

Da-lhe Doces Bárbaros e Estação Primeira de Mangueira!

Parte 1

Parte 2