Arquivo para Hot Chip

#1548 – Hot Chip divulga vídeo da primeira faixa de seu próximo álbum, In Our Heads

Posted in Dance, Eletrônica, Experimental with tags on 17 de março de 2012 by Ricardo Somera

A banda britânica Hot Chip divulgou a primeira música de seu novo álbum, In Our Heads.

A faixa chama Flutes. Curti!

In Our Heads:

1.  Motion Sickness

2. How Do You Do

3. Don’t Deny Your Heart

4. Look At Where We Are

5. These Chains

6. Night and Day

7. Flutes

8. Now There Is Nothing

9. Ends Of The Earth

10. Let Me Be Him

11. Always Been Your Love

Sai dia 12 de junho

Anúncios

#1686 – Um sábado para salvar o SWU 2011

Posted in Dub, Eletrônica, Evento, Pop, Rap, Reggae, Rock with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 10 de novembro de 2011 by Ricardo Somera

Depois de trazer na primeiara edição Queens of the Sone Age, Rage Against the Machine, Pixies, Kings of Leon, Sublime, entre tantas outras boas bandas, a segunda edição só tem um sábado pra “parear” com 2010. Dia 12 será o primeiro dia do festival de música e discussões sobre sustentabilidade e parece que acaba por alí. O lineup está muito bom, mas como qualquer festival tem banda legal tocando no mesmo horário que outra banda muito boa.

Se desse pra ver tudo no sábado eu escolheria os artistas abaixo:

SoJA

(Energia ou Consciencia às 16h55) e hoje (10) em Porto Alegre -RS

Com certeza é a banda que mais me interessa em todo o festival. O SoJA (Soldies of Jah Army) é uma das melhores bandas de dub reggae da atualidade. Som gostoso pra pular e também pra relaxar. Será uma coisa linda de se ver.

Matt and Kim

(New Stage às 17h15)

Essa banda de duas pessoas já tocou no festival indie Popload Gig e tem musicas pra fazer “us andergraudi” pular. Gosto dos clipes deles e ao vivo deve ser muito mais divertido. São figurinhas carimbadas nos festivais de verão do hemisfério norte e se der tempo de sair após o show do SoJA e andar até o New Stage..eu vou!

Damian “Jr. Gong” Marley

(Energia ou Consciencia às 19h20)

Ele é filho do Bob Marley e pra mim não precisa de mais. Tá no sangue.

Snoop Dog

(Energia ou Consciencia às 20h25) e amanhã (11) em Floripa – SC

Não sou fã do Snoop Dog, não conheço muito suas músicas, mas acho que um show no Brasil de um dos maiores cannabilistas do mundo será no mínimo divertido. Acho que irá me supreender, mas se tiver chato vou dar uma volta nos outros palcos.

James Murphy

(Heineken GreenSpace às 20h30) e amanhã (11) na inauguração do Cine Jóia (não confirmado)

Frontman da melhor nada de eletrorock que eu conheço (o LCD Soundsystem), dono de selo cool (o DFA Records do Hot Chip, The Rapture e do próprio LCD Soundsystem) e um dos grandes produtores musicais do mundo. É pouco? Então escuta aí…

Kanye West

(Energia ou Consciencia  às 21h30)

Dos artistas que gosto o Kanye West é a grande estrela da noite (se pá do festival). Não escutei o novo álbum com o Jay-Z, mas o álbum Graduation é foda demais. Promete ser um puta showzaço se ele não resolver dublar como no TIM Festival (do Ibirapuera). “Há boatos…”

Ainda tem Emicida, Copacabana Club, Tiga, Database, D2 e Odd Future Wolf Gang Kill Them All, do  rapper Tyler, The Creator.

Ainda não comprei…mas vou!

#1865 – Cachorro Grande toca com Oasis no Brasil

Posted in Pop, Rock with tags , , , , , on 2 de abril de 2009 by Ricardo Somera

A T4F, empresa que está trazendo o Oasis para o Brasil, convidou a banda gaúcha Cachorro Grande para abrir os shows dos irmão Gallagher em São Paulo, Curitiba e Porto Alegre (Rio de Janiero ainda não foi confirmado). Os shows no Brasil acontecem dias 7 (Rio), 9 (SP), 10 (CWB) e 12 (POA) de maio.  [Quem escolheu o Cachorro Grande foi o Oasis. A T4F mandou algumas gravações de bandas pros ingleses e eles curtiram o som dos gauchos..legal!)

Foto: Lúcio Barbeiro

No último show do Oasis no Brasil (2006), no estacionamento do Credicard Hall, os valores dos ingressos eram de R$ 120 a R$ 250 e na hora os cambistas estavam vendendo por R$ 30. Será que chamando uma banda nacional de pouca evidencia os organizadores vão conseguir atrair público?

Eu já tava esperando uma “bandinha” internacional tipo Hot Chip, Foals, Beirut ou Glasvegas, mas pelo jeito…

***

Dia 29/04 tem show do Cachorro Grande no Teatro Popular do SESI (Av. Paulista) no projeto Quartas Musicais. Se o show não for gratuito será com preços populares.

#1883 – Preços para a tour do Oasis no Brasil

Posted in Evento, Pop, Rock with tags , , , , , on 20 de março de 2009 by Ricardo Somera

Hoje começaram as vendas dos ingressos para os shows do Oasis no Brasil (apenas para clientes Citibank).

A venda geral começa dia 27/03.

Os preços variam de R$ 60 (1/2 pista em Porto Alegre) a R$ 400 (pista VIP em Curitiba e São Paulo e camarote no Rio).  

Lista geral (clique na cidade pra ver os valores e compra os ingressos)

Curitiba

São Paulo

Rio de Janeiro

Porto Alegre

A tour dos malas de Manchester na América do Sul já conta com 8 show. Os show no Chile (05/05 – Movistar Arena) e na Venezuela (28/04 – Campo de Futbol USB)  foram divulgados essa semana.

Agora é a hora de mandar e-mail pra T4F e pedir shows de abertura. Minhas sugestões: Cansei de Ser Sexy (200 anos sem vir pro Brasil), Natalie Portman´s Shaved Head (diversão e inédito), Hot Chip (pra compensar a palhaçada do TIM SP em 2007), Foals (tão com agenda livre) ou Mickey Gang (hehehe).

#1913 – Tá na hora do Festival “Vivo ao Vivo”

Posted in Groove, Indie, New Rave, Pop, Rap, Remix, Rock, Rock Punk Cigano with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 5 de março de 2009 by Ricardo Somera

Ontem a TIM anunciou o fim do Prêmio Tim de Música e o TIM Festival.

Sinceramente acho esses prêmios pra músicos, atores e artistas em geral um saco. Todo mundo sabe que é uma rasgação de seda concentrada em um dia e o abandono por parte do patrocinador durante o ano. Acho que o Prêmio TIM de Música deveria ser feito uma seleção de bons artistas do ano e a TIM patrocinaria a tour por todo o Brasil. 

Seria legal ver o Yamandu Costa /Maria Bethânia / Nelson Freire em uma turnê passando por todos os estados onde a companhia opera. Não adianta dar um troféu de plástico para o artista, ele quer mostrar sua arte e o público quer ter oportunidade de ver o ídolo.

****

Já o TIM Festival é algo que eu não vou sentir muita falta, mas era um festival aguardado o ano todo.

Eu só fui em um TIM realmente descente e foi em Curitiba (2006). Cheguei um pouquinho atrasado e não peguei o show do Nação Zumbi. Após pagar R$ 20 com um cambista em frente a Pedreira (o valor da meia era R$ 30 se não me engano) entrei no meio do show da Patti Smith

O legal de verdade desse festival foi que eu tinha acabado de me mudar pra SP e encontrei todos meus amigos e conhecidos no festival. Depois de muito alcool entrou no palco Karen O (Yeah Yeah Yeahs) – mais conhecida como “a largatixa de lantejouas” – gritando, pulando e cantando os hits na época “Y Control” e “Pin”. Pra fechar a noite eu já estava pirando master com tudo aquilo e ainda com o cenário maravilhoso que é a Pedreira Paulo Leminski entra no palco os rapper brancos do Beastie Boys fazendo todo mundo pular e pirar com Intergalactic, Body Movin´e Sabotage. 

**

Em 2007 a seleção estava incrível. Comprei nos primeiros dias o ingresso pra ver Arctic Monkeys, The Killers, Bjork, Juliette and The Licks, Spank Rock e Hot Chip. Com um elenco desses a expectativa foi as alturas. Fui sozinho, era domingo, calor e já na fila encontrei a Gi Bedendo e uma galerinha de Londrina. Passei muita raiva e emoção nesse dia.

Posts que escrevi na época: O começo e o Spank Rock , Hot and WeirdLábios SecosGet on your dancing shoes, enjoy and relax, Os MatadoresCapitalizando o TIM Festival.

*****

Em 2008 não são necessários comentários como “R$ 250 pra o show do Kanye West” + “Gossip e Paul Weller cancelados” + “Marcelo Camelo por R$ 150″ + tenda vazia!

Mas fui no melhor show do ano passado: Gogol Bordello.

************

Erros catástróficos em 2007, preços exorbitantes em 2008, cancelamento dos show em Curitiba, Planeta Terra com duas super edições… Pra mim estava anunciado o fim do TIM  há algum tempo.

****

Ah, eu não fui no “SUPER TIM FESTIVAL” com Strokes, Arcade Fire, M.I.A., Kings of Leon, Dizzee Rascal, De La Soul, Wilco, Kings of Convenience, etc.

*****************

Pra justificar o título do post: Bem que a Vivo poderia assumir essa vaga e trazer -> Hercules and Love Affair, Beirut, Franz Ferdinand, CSS, Glasvegas e Last Shadow Puppets!

É…eu aceitaria e JURO que mudaria de operadora (hehehe…)