#1516 – LollaBr 1º dia: A família vai pro rock

O primeiro dia do Lollapalooza Brasil começou com muitas filas. As filas para entrar no festival estavam gigantes e menores, mas mais demoradas estavam as filas para comprar fichas, cerveja e comida. Mas os problemas acabaram por aí. Cheguei no começo do show da banda Cage The Elephant, mas como o sol estava muito forte e eles começaram o show com a única música que eu conhecia (Shake me Down) resolvi ir pra tenda do Perry ver Rhythm Monks. Foi a primeira boa surpresa do dia. Vestidos com quimonos e máscaras eletrônicas (uma espécie deDaft Punk oriental) o trio conseguiu agitar os poucos presentes – maioria fugindo do sol. Os taikos (tambores japoneses) foram substituidos por baterias eletrônicas. Uma ótima apresentação de “boas vindas”.

Foto da página oficial do evento no Facebook

O clima do festival tava família. Muitas crianças e até mesmo bebês estavam com suas roupinhas de caveira. O KidzaPalooza foi uma ótima desculpa para levar toda a família pra uma tarde/noite rock´n roll.

Foto do blog Popload http://virou.gr/IbBGFh

O Rappa, a primeira atração de peso do dia entrou pontualmente às 16h no palco principal e fez um dos melhores shows do evento. Embalou a multidão, com hits como “Me Deixa”, “A Minha Alma”, cover de “Killing in the Name” (Rage Against the Machine) e Súplica Cearense (Luiz Gonzaga), essa última foi regravada pela banda no álbum 7 Vezes.

O Rappa representou muito bem o Brasil no meio da seleção gringa. A banda foi convidada e vai tocar no Lolla Chicago em agosto.

O resto do dia foi a espera para o show do Foo Fighters. Colei no Band of Horses pra encontrar a galera e achei a banda meio “trilha sonora do True Blood”. Como tinha visto o show do TV on the Radio um dia antes, passei. Voltei pra tenda pra ver o Bassnectar. Mano, que barulheiraaaaa boa!  Esse tal de dubstep é muito chapação de crack, distúrbios mentais, sem nenhum tiquinho de caribó.

Foto da página oficial do evento no Facebook

FOO FIGHTERS

O grande show da noite com a melhor banda de rock da atualidade durou mais de duas horas mesclando hits, músicas do novo álbum e euforia da galera que lotou o Jockey. Dave realmente é um talento com todas as “suas” bandas (Nirvana, Queens of the Stone Age, Them Crooked Vultures), mas com o Foo Fighters ele se supera. O show começou “apenas” com “All My Life”. Embalou as próximas horas com, “Learn To Fly”, “My Hero”,“Rope”, “White Limo”, “In The Flesh” (cover do Pink Floyd), “Bad Reputation” e “I Love Rock N’ Roll” (canções de Joan Jett, que participou do show). Como já era esperado o show terminou com “Everlong” e Lollapalooza Brasil já se consagra antecipadamente como o melhor festival do ano. LollaRocks!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: