#1545 – FestiVai: Lollapalooza Brasil 2012

Tá fácil para a primeira edição do Lollapalooza Brasil levar o prêmio já em abril de “melhor festival brasileiro do ano“. Mesmo com probleminhas iniciais o festival tem tudo para ser o grande sucesso do ano.

50% da qualidade de um festival está no seu line-up, as vezes só trazendo uma banda – como foi o Planeta Terra ano passado com Strokes – já é garantia de sucesso, mas os caras apostaram forte e estão trazendo a principal banda dos EUA (mundo?), o Foo Fighters, e a principal banda inglesa (pra mim!), o Arctic Monkeys, para “encabeçar” o festival.

Mas existe os outros 50% que normalmente é onde muitos festivais pecam: organização. Pelo que estou acompanhando tudo está indo muito bem: orientação para todos irem de trem e metrô, line-up definido na apresentação do festival, venda de ingressos pós “pré-venda” tranquila, etc. Agora só falta ACONTECER o festival para termos a certeza de que tudo ocorrerá bem.

Se chover, tiver arrastões (como no Rock in Rio e SWU) e alguma banda faltar, é claro que vai rolar um mimimi nas redes sociais, mas quase sempre isso foge ao controle dos organizadores. Acho que esses problemas não ocorrerão.

O fim do show (23h) também está perfeito para o horário do transporte público que fecha à 1h no sábado e meia noite no domingo. Sério, não tem o que dar errado.

Abaixo vão as minhas dicas de programação para os dois dias de FESTA:

Sábado (INGRESSOS ESGOTADOS)


Chegar umas 14h30 pra reconhecer a área e ir sem pressa ver o Cage The Elephant (15h no Palco Butantã). Depois é hora de atravessar o Jockey pra ver O Rappa (16h no Palco Cidade Jardim) e encontrar a galera (pq provavelmente é essa hora que a todo mundo vai chegar). Ir ao show do Band of Horses (17h no Butantã) ver “qualé”. Até aí sem pressa, curtindo o sol, o dia lindo (#todosREZAM). No fim da tarde tem TV on The Radio (18h no Cidade Jardim), mas não sei se faço muita questão  (quero ver os caras no Jóia – festa da Área 51). Depois é hora de descansar, comer alguma coisa, tirar o tênis, se espreguiçar, fazer uma massagem (se vc estiver na área VIP) e aguardar o grande show da noite (DO ANO): Foo Fighters (20h30 no Palco Cidade Jardim).

No final: Se lamentar por ter perdido o Calvin Harris (21h30 na Tenda do Perry)

*************

Domingo (R$ 300 / R$150)


Pra mim o domingo é o melhor dia do festival. Se tivesse o Vampire Weekend seria o dia da “micareta indie” sem dúvidas, pois o dia começa cedo com o show animado e obrigatório – pra quem não for ao Beco na sexta – do Gogol Bordello (14h no Palco Butantã). Depois tem um momento “chill” com Thievery Corporation (15h no Cidade Jardim). Atravessa o Jockey pra ver o Friendly Fires (16h no Butantã) que vai fazer a galera mais uma vez “tirar o pé do chão”. Depois recomendo tirar o tempo pra comer, descansar e reencontrar a galera. Às 18h no Butantã tem o psicodélico e “talvez não tão legal ao vivo” MGMT apresentando seu último trabalho, Congratulations.

19h MOMENTO TENSO: Duas das principais “revelações” do ano passado vão tocar no mesmo horário: Foster The People e Skrillex. Indie ou Dubstep? A minha sugestão é: Foster The People, mas se você tiver uma graninha sobrando vá ver a banda na quinta feira no Cine Jóia e quando estiver no Lolla pode ir tranquilo para a Tenda do Perry ver o ex-emo Skrillex.

Hora de juntar todo mundo e correr pro show do Arctic Monkeys (21h30 no Palco Cidade Jardim).

Se lamentar por ter perdido o Foster The People ou Skrillex (“confronto” das 19h) e o show dos Racionais (20h45 na Tenda do Perry).

Preparados?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: