#1913 – Tá na hora do Festival “Vivo ao Vivo”

Ontem a TIM anunciou o fim do Prêmio Tim de Música e o TIM Festival.

Sinceramente acho esses prêmios pra músicos, atores e artistas em geral um saco. Todo mundo sabe que é uma rasgação de seda concentrada em um dia e o abandono por parte do patrocinador durante o ano. Acho que o Prêmio TIM de Música deveria ser feito uma seleção de bons artistas do ano e a TIM patrocinaria a tour por todo o Brasil. 

Seria legal ver o Yamandu Costa /Maria Bethânia / Nelson Freire em uma turnê passando por todos os estados onde a companhia opera. Não adianta dar um troféu de plástico para o artista, ele quer mostrar sua arte e o público quer ter oportunidade de ver o ídolo.

****

Já o TIM Festival é algo que eu não vou sentir muita falta, mas era um festival aguardado o ano todo.

Eu só fui em um TIM realmente descente e foi em Curitiba (2006). Cheguei um pouquinho atrasado e não peguei o show do Nação Zumbi. Após pagar R$ 20 com um cambista em frente a Pedreira (o valor da meia era R$ 30 se não me engano) entrei no meio do show da Patti Smith

O legal de verdade desse festival foi que eu tinha acabado de me mudar pra SP e encontrei todos meus amigos e conhecidos no festival. Depois de muito alcool entrou no palco Karen O (Yeah Yeah Yeahs) – mais conhecida como “a largatixa de lantejouas” – gritando, pulando e cantando os hits na época “Y Control” e “Pin”. Pra fechar a noite eu já estava pirando master com tudo aquilo e ainda com o cenário maravilhoso que é a Pedreira Paulo Leminski entra no palco os rapper brancos do Beastie Boys fazendo todo mundo pular e pirar com Intergalactic, Body Movin´e Sabotage. 

**

Em 2007 a seleção estava incrível. Comprei nos primeiros dias o ingresso pra ver Arctic Monkeys, The Killers, Bjork, Juliette and The Licks, Spank Rock e Hot Chip. Com um elenco desses a expectativa foi as alturas. Fui sozinho, era domingo, calor e já na fila encontrei a Gi Bedendo e uma galerinha de Londrina. Passei muita raiva e emoção nesse dia.

Posts que escrevi na época: O começo e o Spank Rock , Hot and WeirdLábios SecosGet on your dancing shoes, enjoy and relax, Os MatadoresCapitalizando o TIM Festival.

*****

Em 2008 não são necessários comentários como “R$ 250 pra o show do Kanye West” + “Gossip e Paul Weller cancelados” + “Marcelo Camelo por R$ 150″ + tenda vazia!

Mas fui no melhor show do ano passado: Gogol Bordello.

************

Erros catástróficos em 2007, preços exorbitantes em 2008, cancelamento dos show em Curitiba, Planeta Terra com duas super edições… Pra mim estava anunciado o fim do TIM  há algum tempo.

****

Ah, eu não fui no “SUPER TIM FESTIVAL” com Strokes, Arcade Fire, M.I.A., Kings of Leon, Dizzee Rascal, De La Soul, Wilco, Kings of Convenience, etc.

*****************

Pra justificar o título do post: Bem que a Vivo poderia assumir essa vaga e trazer -> Hercules and Love Affair, Beirut, Franz Ferdinand, CSS, Glasvegas e Last Shadow Puppets!

É…eu aceitaria e JURO que mudaria de operadora (hehehe…)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: