#1913 – Robert Don´t Cry

A clássica cena da criança que pega a bola e vai embora só porque não foi escolhida pra jogar no time também acontece na “indústria artística fonográfica”. A cena aconteceu alguns dias atrás e foi protagonizada pelo cinquentão Robert Smith do Cure. Primeiro o cara chamou a ação do Radiohead de deixar o fã escolher quanto queria pagar pelo In Rainbows de idiota. Depois através de seu blog disse que todos os bloggers críticos de música que defendem a música livre são…idiotas.

Primeiras considerações:

1) Robert Smith se maquia (?) como uma palhaça com 50 anos;

2) Não faz nada que as pessoas realmente queiram comprar há anos (décadas?);

3) Usa a rede pra divulgar suas (estúpidas) idéias e suas músicas (obra) estão fora da rede;

4) Ele é o pai do EMO;

5) Ele não tem um rico vocabulário.

Boys Don´t Cry é um clássico do rock no mundo. A música é legal, já foi trilha sonora de alguns filmes, ainda é hit, mesmo quem não viveu na época e gosta um pouquinho de rock sabe cantar, 90% das pessoas do Ocidente já escutaram e sem dúvida é uma canção importante históricamente (principalmente nas festas anos 80).

Toda aquela maquiagem representava uma rebeldia, o cabelo bagunçado e os estilo do Cure realmente já foi algo legal, mas hoje…seinão!

O que acontece com o tiozão é que ele não conseguiu entrar pra turminha hype, pegou seu laptop e xingou todo mundo através do seu Gossip Uncle. 

Realmente deve ser foda ver que a mesma turminha que você andava quando era jovem virar pessoas influentes, formadores de opinião com seus próprios negócios e você continuar na mesma “firma” obedecendo seu chefe pénosaco.

Últimas considerações:

1) Não tenho nada contra maquigem na terceira idade

2) Eu gosto de algumas músicas de bandas EMO como o Fall Out Boy e My Chemical Romance.

3) Acho que devemos melhorar a nossa comunicação com o passar dos anos. Não rola ficar chamando o presidente da República, o jornalista, seu filho e seus vizinhos de “CARA” a vida toda.

Anúncios

4 Respostas to “#1913 – Robert Don´t Cry”

  1. Me desculpe, mas se Robert Smith continua o mesmo e acredita nas mesmas coisas isso só faz com que ele seja idealista.
    Quanto à indústria da música livre, é uma opinião. Não que eu concorde, mas não que eu critique.

    Até mais!

  2. Ah, pai do emo não cara!

  3. Amigo, chegar aos 50 anos tendo personalidade e ousadia para usar maquiagem é um luxo para poucos homens!. Se a vida for generosa com você talvez, eu disse talvez, você consiga chegar lá. Usando ou não maquiagem… Robert Smith é antes de tudo uma pessoa que, visualmente falando, rompe com estereótipos e padrões de beleza. Seja no fato de usar maquiagem borrada ou cabelos desalinhados. E isso, ainda hoje, é capaz de incomodar muita gente… Viva Robert Smith, por isso!!! 🙂

  4. Astrid Thompson Says:

    O que acontece com o tiozão é que ele não conseguiu entrar pra turminha hype, pegou seu laptop e xingou todo mundo através do seu Gossip Uncle.

    haaha,
    eu concordo, e sem cordo também. ^^

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: